sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Introdução ao Squid e Dansguardian

Não adianta aumentar o link de Internet! Seus usuários sempre vão dar um jeito de consumir toda a banda disponível. Se for dia de jogo do Brasil então, esqueça. Você até pode monitorar os acessos com algumas ferramentas que já citei aqui, mas como bloquear um stream de video do Youtube sem bloquear todo o site? Há duas formas: 

  • a) mande embora quem está acessando o conteúdo indevido;
  • b) configure um proxy na rede.


Proxy é um gateway, um sistema que pode analisar todas as camadas do pacote de rede e tomar ações baseadas em regras preestabelecidas. Há muitos tipos de proxy para os mais diversos protocolos, mas o mais comum é o proxy de navegação web, e o proxy web mais utilizado no mundo Linux (e talvez o mais usado em todas as plataformas) é o Squid.

Squid

O Squid pode bloquear sites baseado em:

  • domínio;
  • url;
  • expressões regulares;
  • usuário;
  • ip de origem;
  • ip de destino;
  • dia da semana;
  • hora;
  • tipo de arquivo;
  • tamanho;
  • extensão de arquivo;
  • muitos outros ítens.


Esses ítens podem ser combinados para, por exemplo, permitir que determinado usuário acesse um site em especial somente no horário de almoço. Além disso, o Squid também pode fazer cache dos sites visitados aumentando a velocidade da Internet do ponto de vista do usuário, pois economiza o link. E como se isso não bastasse, há várias ferramentas que podem ser integradas ao Squid de forma fácil, ampliando suas funções.

Nos próximos posts eu vou falar como instalar e configurar o Squid, como personalizá-lo, como fazer acesso autenticado, entre outras coisas. Depois vou falar um pouco do Dansguardian, um filtro de conteúdo dinâmico.

Até lá.