segunda-feira, 14 de julho de 2014

Olonca Live CD 2014

Está disponível no link https://copy.com/wXGfjHe0ZugX um live cd personalizado por mim. É essa versão que uso nos meus desktops e que contém a maioria dos aplicativos apresentados neste blog. A versão é baseada no Debian.

As principais mudanças em relação à 2013 são:


  • Kernel 3.2
  • Gnome 3.0
  • Instalador gráfico


Abaixo descrevo como instalar a distribuição usando o instalar gráfico que desenvolvi.

Após baixar a iso e queimar a midia, ligue o computador com DVD no drive. A seguinte tela aparecerá.


Aqui vale uma explicação: essa foto foi tirada em janeiro de 2014 no Ceará, a cerca de 3,5 Km da divisa com o Piauí, descendo a serra em direção ao Bom Jardim. É onde mora a avó da minha esposa. https://www.google.com/maps/@-5.5192587,-40.903904,50m/data=!3m1!1e3

No menu apresentado você pode escolher entre o modo Live (primeira opção) modo seguro (que não carrega alguns módulos que podem causar problemas e interface gráfica, ou num caso mais grave travar o sistema) e o teste de memória RAM. Escolhemos a primeira opção e teclamos ENTER.


Essa é a tela inicial o sistema pronto par ao uso. A foto é do Açude do Rodrigão, localizada na cidade de Novo Oriente, Ceará, Brasil.

Para instalar a distribuição, clique no menu Aplicativos, escolha Utilitários e clique em Terminal.


Na tela que aparece, digite "sudo ./instalar.sh


Será solicitada a senha de administrador. Digite "olonca" e tecle ENTER.


A tela seguinte mostra os discos que existem em teu sistema. Por enquanto o instalador não consegue dividir a instalação em vários discos, mas estou trabalhando nisso. Escolha o disco e clique em Ok.


É necessário criar pelo menos uma partição Linux. Também é recomendável criar uma partição swap para a memória virtual. Eu recomendo que a soma da memória virtual com a memória RAM seja de pelo menos 3Gb, mas isso é apenas uma recomendação. Clique em Ok.


Esta é a parte mais crítica da instalação. Nesta tela você pode alterar as partições do disco. É recomendável fazer um backup dos arquivos se você está instalando em dual boot em uma máquina que já possua o Windows, como no meu caso aqui. Na tela abaixo, vemos duas partições que foram criadas na instalação do Windows 7. Precisamos redimensionar a segunda partição. Embora seja raro aparecerem problemas aqui sempre é bom fazer um backup.


Clique na segunda partição com o botão direito e depois clique em Redimensionar/Mover.


Agora escolha o novo tamanho para a partição, ou o espaço que ficará livre após o redimensionamento. No meu caso eu deixei 16Gb de espaço livre. A instalação deverá ter pelo menos 8Gb. Clique em Redimensionar/Mover.


No espaço não alocado, clique com o botão direito e escolha Novo.


Em "Criar como", é aconselhável escolher "Partição estendida" e deixar todo o espaço disponível para ela. Clique em Adicionar.


No espaço não alocado clique com o botão direito e escolha Novo.


Agora vamos criar a partição destinada ao sistema operacional Linux. Você pode deixar todo o espaço disponível, mas aqui eu vou personalizar e separar 12Gb para o drive raiz. Digite 12000 em "Novo tamanho (Mb)" e clique em Adicionar.


No espaço não alocado clique com o botão direito e escolha Novo.


Estou separando 3Gb para o drive home. Numa instalação para Desktop esse drive deverá ser o maior pois conterá todos os teus arquivos pessoais. Digite 3000 em "Novo espaço (Mb)" e clique em Adicionar.


No espaço não alocado clique novamente com o botão direito e escolha Novo.


Vou deixar todo o espaço restante para a partição de troca. Em "Sistema de arquivos" esolha "linux-swap" e clique em Adicionar.


Nosso esquema de particionamento está completo. Clique no ícone verde onde deverá aparecer a mensagem "Aplicar todas as operaçoes" conforme mostrado na tela abaixo.


Uma tela avisará que as informações serão gravadas no disco. Clique em Aplicar.


O processo de criação das partições pode demorar um pouco dependendo do tamanho do teu disco.


Ao final do processo clique em Fechar.


Se você está fazendo uma instalação simples, ou seja, sem o Windows, será necessário marcar a partição raiz para ser bootável. Para fazer isso, clique na partição com o botão direito e escolha "Gerenciar sinalizadores".


Selecione Boot e clique em Fechar.


Agora feche a janela clicando no X conforme a tela abaixo. 


Agora escolha a partição onde deverá ser instalado o sistema raiz. No meu caso a partição sda5. Escolha a partição e clique em Ok.


A mensagem seguinte informa que todos os dados da partição serão apagados. Clique em Sim para continuar.


Agora esolha a partição onde deverá ser criada a memória virtual (swap). No meu caso é sda7. Clique na partição e depois clique em Ok.


Novamente a mensagem informando que os dados da partição serão apagados. Clique em Sim.


A tela seguinte pergunta se você quer colocar o drive Home em uma outra partição. Se você separou uma partição para os dados dos usuário clique em Sim. Caso contrário clique em Não. No meu caso cliquei em Sim.


Para quem clicou em Sim na tela anterior será mostrado uma tela para que a partição separada para o Home seja selecionada. No meu caso é a sda6. Escolha a partição e clique em Ok.


Se você já possui arquivos pessoais nessa partição então clique em Não. No meu caso cliquei em Sim.


Mais um aviso para quem escolheu formatar a partição Home informando que os dados serão apagados. Clique em Sim. 


Agora que as partições foram formatadas começa o processo de cópia dos arquivos. Isso pode levar bastante tempo. Tenha paciência. 


Após a instalação será perguntado o nome do novo usuário. Digite um nome que lhe agrade. No meu caso digitei "ricardo". Clique em Ok.


A senha do novo usuário é "olonca", assim como a senha do usuário root. Clique em Ok.


O processo de instalação terminou. Clique em Ok.


Clique no menu Olonca e depois em Desligar.


Agora clique em Reiniciar.


Antes do sistema reiniciar será pedido para que você retire a midia do drive de DVD. Retire e midia e tecle ENTER.


Ao reinciar, o menu abaixo será exibido. Nele você pode escolher entre os vários kernel do Linux (o padrão é o primeiro), o modo de segurança e o Windows (última opção). Ao entrar no Windows após a instalação um exame de disco será feito pelo Windows devido a mudança de tamanho da partição. Isso é normal. 


Qualquer problema é só me avisarem pelo e-mail ricardo.olonca@gmail.com